Outro

Os desafios do Turismo para o Desenvolvimento do País
23-02-2016
ana_godinho.jpg

A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, vai marcar presença na 4.ª conferência do ciclo “Engenharia em Movimento” dedicada ao setor turístico, a decorrer no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), no próximo dia 3 de março.

O painel da iniciativa “A Engenharia como Motor do Turismo” inclui ainda outros nomes de reconhecido mérito das áreas em debate, nomeadamente: Luís Pedro Silva (arquiteto), Fernando Almeida Santos (presidente da Região Norte da Ordem dos Engenheiros) e Mário Ferreira (CEO Douro Azul).

Nos últimos anos, o Turismo tem registado um crescimento exponencial, verificando-se não só uma maior diversidade e quantidade de oferta, mas também um assinalável reconhecimento externo – traduzido nas diversas inclusões de cidades e destinos portugueses em roteiros internacionais. Só no ano passado, a título de exemplo, houve mais de três milhões de dormidas de estrangeiros no Porto e Norte de Portugal, facto que representa um crescimento de 16 por cento face ao período homólogo.

Neste contexto, e na qualidade de setor com elevado número de exportações, importa refletirmos sobre as potencialidades da área turística, analisando as várias perspetivas de crescimento e/ou constrangimentos. “Desafios do Turismo para o Desenvolvimento do País”, o tema central da intervenção da oradora-convidada Ana Mendes Godinho, debruça-se exatamente sobre esta abrangente dicotomia entre oportunidades e dificuldades.

Recentemente, e em declarações reproduzidas na imprensa, a Secretária de Estado do Turismo tem apresentado as linhas estratégicas que regem a ação do Governo, apontando como primordiais objetivos o aumento do crescimento, da igualdade e do emprego. Importa, assim, destacar o papel fundamental do setor turístico no que concerne, por exemplo, à criação de postos de trabalho.

Citada pela publicação Publituris, Ana Mendes Godinho elege como fulcrais alguns dos seguintes pontos: conceção das condições necessárias para a ocorrência de investimento; melhoria do acesso das empresas ao financiamento (maior articulação entre os setores privado e público); continuidade da aposta online para promoção, sem descurar, contudo, os métodos offline e de trabalho com operadores/agências.

Ana Mendes Godinho é licenciada em Direito pela Universidade Nova de Lisboa e possui uma Pós-Graduação em Direito do Trabalho e Logística e Ciência da Legislação. Antes de assumir o cargo de Secretária de Estado do Turismo, desempenhou diversas funções ligadas ao Turismo.

Para todos os interessados, o evento “A Engenharia como Motor do Turismo”, a realizar-se no Auditório Magno do ISEP, vai estar aberto a profissionais, empresas, agentes públicos, académicos, estudantes e órgãos de comunicação social. 

Inscricões