Outro

ALUMNI ISEP chega à Fórmula 1
29-05-2017
ALEXANDRE_SANTOS_SITE_Z1.png

Alexandre Caseiro Santos formou-se na Licenciatura em Engenharia Mecânica Automóvel (LEMA) do ISEP no ano letivo 2012/2013. O jovem, natural da Marinha Grande, perseguiu o seu sonho e está agora a trabalhar para uma das mais conceituadas equipas de Fórmula 1 – a britânica Williams.

Após ter concluído com sucesso a Licenciatura, o Alumni ISEP candidatou-se ao prestigiante Mestrado em Motorsport Engineering, na Oxford Brookes University. Alexandre Santos resolveu voltar a Portugal e manteve-se por cá algum tempo, onde procurou enriquecer o seu currículo com estágios. No entanto, a sede de vencer e chegar mais longe levaram-no novamente até ao Reino Unido, para trabalhar na Jaguar Land Rover e mais tarde na Williams.

“Atualmente, a minha posição é Simulation Engineer e estou integrado no grupo de Machine Design que faz parte da equipa de desenvolvimento do carro de F1 da Williams Martini Racing. As minhas responsabilidades passam por conceber modelos físicos dos sistemas atuais do carro em softwares de simulação, para apoiar os Race Engineers no set-up inicial do automóvel para as corridas seguintes. Além disso, compete-me aproveitar os modelos desenvolvidos para criar sistemas novos para o carro do próximo ano”, explica o jovem de 24 anos.

Fruto da natureza do seu trabalho focado na criação e desenvolvimento de carros, Alexandre Santos não precisa de ir aos Grandes Prémios de F1 com muita frequência. No entanto, as suas tarefas são essenciais para o sucesso da equipa e priva diariamente com alguns engenheiros de renome, como Paddy Lowe (diretor técnico na Mercedes F1 nos últimos três anos em que foram campeões), ou Rob Smedley (conhecido por ter sido engenheiro de pista de Filipe Massa, na Ferrari). Por outro lado, também é frequente encontrar-se com Sir Frank Williams, uma das maiores lendas do desporto e fundador da Williams, ou com os atuais pilotos Filipe Massa e Lance Stroll.

O Alumni ISEP concretizou uma das suas maiores ambições pessoais e profissionais, ao chegar à F1, pelo que pretende lá ficar o máximo de tempo possível. De facto, o jovem é mesmo um exemplo da qualidade de formação do Instituto que, cada vez mais, tem expandido o seu nome além-fronteiras. A presença doutros portugueses na F1 – a mais célebre competição automóvel do mundo – é incipiente, como tal o feito do jovem ganha ainda maior relevância.

“A Licenciatura no ISEP deu-me as bases fundamentais para poder ser admitido e tirar o melhor partido possível do Mestrado que concluí em Oxford. Quero agradecer aos engenheiros Luís Miranda Torres e Fernando Ferreira pela importante ajuda que me deram”, declara. Alexandre Santos aproveitou também para deixar uma mensagem especial a todos os estudantes da LEMA: “Se quiserem trabalhar seja numa OEM, F1, LMP1, WRC, ou noutra área, procurem, pesquisem, falem com pessoas, vejam o que é possível para lá chegar e, sobretudo, façam valer a pena!”

A Licenciatura em Engenharia Mecânica Automóvel no ISEP é uma opção ímpar no Norte de Portugal, que beneficia de sinergias com empresas conceituadas do setor. Com este curso, o Instituto forma profissionais com competências para o desenvolvimento de produto, gestão de oficinas, serviço pós-venda e apoio técnico. O plano de estudos possui uma forte componente teórico-prática e os estudantes podem também participar em atividades extracurriculares de relevo, nomeadamente ligadas ao Motorsport e competição automóvel.